quinta-feira, 27 de agosto de 2009

ser pessoa

Hoje é dia de ser pessoa.
Ser pessoa é ser no tempo das paisagens, artesão de cores de gente-luz.
Ser pessoa é ser encanto encontrando em contrastes paisagens em passagens de música cor e laço que entrelaçam no olhar a linha da pulsação do sentimento.
Hoje é dia de caminho do coração que conduz cultura e memória para onde mora o momento único no tempo que tem ao mesmo tempo todos os tempos.
Ser pessoa é ser paisagem povoada paisagem solitária presença que quando ausente é sempre presente.
Ser pessoa é ser caminho de terra água ar fogo lua e sol materializado em passos e mistérios que se descortinam por dentro no percurso do viver.
Ser pessoa é querer povoar espaços habitar navegar caminhar unir tecer cores amores formas texturas afetos sabores odores aromas frescores e melodias.
Ser pessoa é ser tradução de experimentar ser no mundo humano
viver crescer aprender para ser
pessoa.

Um comentário:

R.Vinicius disse...

Ser pessoa? Imagino sendo Pessoa – parte em Alberto, outro em Fernando. Ser pessoa é isso, não? Habitar em si diversos formatos, traços, existências, ou o vago. E as paisagens? Ironicamente o somos sem tomarmos com conta o fato.