sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Para habitar um lugar profundo


Todos temos uma história e uma pré-história.
Portanto seja vigilante.

Para habitar um lugar profundo,
você precisará nadar contra a corrente.
Sem pressa e com persistência.

Portanto caminhe.
Para ser íntimo da vida busque o inimaginável.
Um segredo te espera.

Caminho: aceitar desertos e povoar vazios.
Obstáculo:um por quê sem resposta.
Habite os por quês.

9 comentários:

Aline Lima disse...

Lembrei da Lispector afirmando que ser uma pergunta. todos somos né?
um beijo minha flor!

aline.

Anônimo disse...

E tudo que tenho feito é nadar contra a corrente; com pressa confesso, porém persistente.
Pressa: porque os meus olhos esperam por demais (chega a ter brilho no olhar, de tanto anseio), para encontrar este segredo e meu tato tem uma vontade imenSa de tocar o inimaginável, que ultimamente tem sido motivo para tanta luta.
Persistente: porque eu tenho "a estranha mania de ter fé na vida". E eu fico assim, às vezes me perdendo de mim, entre uma espera longa e uma Fé intensa, oriunda do desejo que CONCERTEZA é maior que tudo.
E fico pensando que tudo poderia ser mais fácil, menos dolorido... sem obstáculos grandiosos ("sem por quê sem resposta"), ou pelo menos, que o cansaço não tivesse força para desanimar, e o vazio que quase sempre fica no peito (insatisfeito), não insistisse em me acompanhar, um vazio teimoso que me fala: "não vale a pena tentar...".
Contudo, creio que SEGUIR é necessário (mesmo quando não se sabe para onde), e por isso aqui vou eu; "às vezes me preservo
noutras, suicído!", mas vou RESISTINDO, e sempre repetindo:
"E que a minha loucura seja perdoada, porque metade de mim é amor e a outra metade também."

Boa sorte no seu caminho, desejo que habite um lugar profundo.

Beijos!!!

Ana Valeska Maia disse...

Habitar o vazio dos por quês sem resposta pode até parecer fácil, mas é tarefa hercúlea.
Mas conseguiremos.
Bj para os dois.

Dayalesson disse...

Acordo pensando em habitar um lugar profundo,sonho com isso a todo instante, mas parece esse dia nunca chegar.Desanimo muitas vezes,mas aparece o dia seguinte e com ele uma renovação das esperanças,quem sabe um dia chego lá...

mil bjusssss
minha linda !!!!

Anônimo disse...

Amei a frase do anônimo:metade de mim é amor,aoutra metade também.Nas profundezas se encontram as respostas,que,na maioria das vezes são inúteis. Vera.

glória disse...

para habitar um lugar profundo é preciso poder olhar e tocar cada coisa nas superfícies. silêncios, negligências, arranhões, portas batidas, pele rompida, feridas e o deserto no coração de homens e mulheres. vidas concretas sem poesia, sem prosa, exigem olhares que aprofundem e tornem vastas as existências. para habitar um lugar profundo é necessário tomar o raso do outro como lugar de viver, de expandir. tarefa de quem usa as màos e o coracào, de quem sabe que o mundo me traspassa e eu devo ir. lindo o que você escreve princesa! bjs

Cavalcante Junior disse...

Ana Valeska,

Adorei seu Blog, vou acompanhar diariamente, gosto muito de seus texto, se tiver oportunidade irei comentar.

Um grande abraço.

Cavalcante Junior

Ana Valeska Maia disse...

Coisa boa ter vocês por aqui.
Dayalesson, continua buscando!
Vera e Glória, vocês são poesia na minha vida.
Cavalcante Júnior, que bom que você veio!

Nig d' Alva disse...

Legal, conhecer esse seu lado...vejo q os assuntos abordados por si, são provinientes de algum conhecimento agregado. cada dia leio alguns textos seus... são inspiradores...deixam mistério no ar...bons pra reflectir... mto bons msm...está de parabéns, o blog é ótimo. abraço