quarta-feira, 14 de outubro de 2009

A palavra e o verbo

Talvez a palavra seja verbo.

Desdobra-se.

Percorre todos os esconderijos da minha alma.

Está nos lugares quase inacessíveis.

Espaços que apenas eu habitei.

O sentir é ressonância de um universo estendido,
maior do que a palavra comporta.

Teu toque abriu as portas trancadas.
Teu olhar fez florescer um jardim.

O verbo é imenso a poetar em mim.

Amar.
imagem: obra de Beatriz Milhazes

4 comentários:

Franzé disse...

Amor, um rio aberto,
Margem de algum coração.


Bjos.

Florêncio E. disse...

Amar é o verbo mais lindo!
Bjs.

Anônimo disse...

Vixe, (jo)Ana, que coisa mais linda!
O verbo Amor
A palavra Amar
Tão bem tecidos em sua pena de poeta
Tão bem conjugados por esse coração amoroso
Me quedam enternecido
e saudoso.
Bj grande,
Jô.

Ana Valeska Maia disse...

Beijos estrelares para vocês!!!!!