quarta-feira, 18 de março de 2009

Uma escada que vai dar no céu


Não parei a caminhada. Continuo. Apenas silenciei um pouco.
Meu silêncio provavelmente possui justificativas. Lancei olhares profundos a cada passo dado. Olhares atentos à nudez descuidada das coisas. Olhares que procuravam, descobriam, desvendavam, descascavam, lapidavam. Meu olhar sabe que sempre há mais para ver no que é visto. E é por isso que eu vivo. Para ver o que não se vê.
Você sabe que na minha casa tem uma escada que vai dar no céu?
Costumo subir a escada e sentar no último degrau para contemplar as estrelas.
Quando olho as estrelas não consigo lembrar de mais nada.
Lembro apenas do amor imenso que tenho por ti.

“Olhe aqui, preste atenção,
Essa é a nossa canção
Vou cantá-la seja aonde for
Para nunca esquecer
O nosso amor
O nosso amor!

Veja bem, foi você
A razão e o porquê
De nascer essa canção assim
Pois você é o amor
Que existe em mim...

Você partiu e me deixou
Nunca mais você voltou
Pra me tirar da solidão e até você voltar
Meu bem, eu vou cantar
Essa nossa canção...”

(Composição de Luiz Ayrão)

Ilustração de Katalin Szegedi

9 comentários:

glória disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
glória disse...

(havia um erro no texto anterior) eu daqui vejo tua escada tangenciado o céu. sei que você toca as estrelas com a ponta dos dedos e da luz que ali se reserva derrama esses escritos.vc. faz falta! bjs

Daniel Simões disse...

Hum... essa é uma outra espiral,
uma outra escada,
a escada que me leva ao Espelho Mágico:
nele eu vejo estrelas
porque ele reflete a Luz que eu sou!
Para lá do Espelho ainda há muito por descobrir...
infinito por desvendar...

vem, vem... o Salão do V. chama por ti... continua a caminhar... vem, vem...

LPA

Tainá Facó disse...

Ana, linda postagem. Estava sumida, né?
Não devemos parar. A vida taí, cheias de surpresas, caminhos, estradas à nossa espera. Eu também adoro ver as estrelas. Acho de uma beleza explêndida. Sabia que eu consigo matar saudade as olhando? Ah, é! Elas me dizem tanta coisa! Vejo poesia, luz e muito, muito amor em tanta energira!
Coisa mais linda de canção. Vai fundo.

Meu beijo, bonita.

ps.: sua nova foto está linda!!!!

NÃO SOME MAIS.

Aline Lima disse...

eu sei dessa escada! =)
uma escada para o céu!
bom que vc encontrou um tempinho pra aparecer por aqui, novamente!

um beijão!

Carlos Pinto Vinagre disse...

E será que o céu existe? Talvez a escada seja interna.

Anônimo disse...

Em uma casa que vai dar no seu coração, cômodos aconchegantes, jardins. flores e pássaros, livros e quadros, cães e carinho, piano e piscina, arte por toda parte, que vão deixando no visitante uma saudade para o resto da vida.

Franzé Oliveira disse...

Senti sua falta. As vezes tb me calo. Gostaria de conhecer sua casa, pois queria v o céu (risos). É lindo o céu estrelado. Muito lindo. Uma sensação de pqueno e muito mistério nas estrelas. tem um bom fim de semana. Bjos com carinho.

Nemogeleia disse...

Simplesmente divinal...