sábado, 26 de março de 2011

Flor Rara


Se existem raridades no existir decreto que raro é nosso encontro de almas desarmadas.

Se o fato se dá desta forma, sem invólucros, máscaras e outras afetações da ordem do supérfluo; sem resquícios de ensaios sobre a cegueira que habitam o interior dos povos, estabeleço que olhar, corpo, fala e sentimento dão a liga dos mistérios que unem nossas vidas de andarilhos e heróis. Abro as cortinas dos palcos da memória e agora você está aqui, no espaço do raro, morando em mim, habitando a linguagem do que espanta, arrebata ou faz serenar.

Recordar é passar novamente pelo coração, símbolo da linguagem do ser vivo no sentido intenso da palavra vida, única que serve ao meu propósito de ser, de direito, chamada de humana. Você me habita como jardim, porque se encanta mais com a delicadeza da florista (a rara) do que com a delicadeza da flor, porque sabe dar atenção a uma mulher, (rosa frágil pelas pancadas ancestrais e que aprende a ser forte na inabalável crença em si mesma), você habita meu ser como música reverberando em meu espírito. Você me habita como flor rara e eu desabrocho.

imagem: Henri Cartier Bresson

8 comentários:

Aline Lima disse...

o texto tá lindo demais e esa imagem bresson é uma das que mais gosto na vida!!! =P muito amor!!!

Ana Valeska Maia disse...

Aline,
minha flor rara que eu amo, saudades de ti!

Andreia Marreiro disse...

Suspiros. Muitos suspiros!

Ana Valeska Maia disse...

:)

Corpo meu, minha morada! disse...

Lindo!
Habitas em meu jardim.
Cheiro

Ana Valeska Maia disse...

E você no meu né Laís Flor!

Társila Peixoto disse...

oie ana, gostei do seu blog, alias, sou formada em artes plásticas e tb moro em fortaleza. to precisando de uma ajuda pra fazer o projeto pra um mestrado em artes na unb, poxa.. se vc pudesse me ajudar.. de qualquer forma, sou sua seguidora agora, estou acompanhando aqui, quer ser minha seguidora tb?
www.artestarsi.blogspot.com

"Se existem raridades no existir decreto que raro é nosso encontro de almas desarmadas."
Isso foi vc quem escreveu? eu coloquei no meu blog, achei muito lindo, mas se tiver problemas, eu tiro ok?
bem, tudo de bom. espero contatos
;)

Ana Valeska Maia disse...

Olá Tarsila (já tem nome de artista) entrarei em contato contigo. bjs.