quinta-feira, 24 de junho de 2010

Diálogos: Iup e Lupa

Não é que eu goste de sofrer, mas saudade é bicho caçador. Hoje completam duas semanas que o Iup morreu e sinto muito a falta dele. Acabei recordando de um filme que assisti menina ainda, no cinema São Luiz: “Os trapalhões na Minas do Rei Salomão”. Bem no finalzinho do filme, Lupa, o cachorro do Didi, morre e ele fica triste de dar dó. Felizmente, termina tudo bem. No filme tem um pozinho verde que ressuscita o Lupa.

Coloco a cena, principalmente para quem tem mais de 30, viajar no tempo.


6 comentários:

Elaine Sá disse...

Não cheguei a ver esse filme,mas entendo a dor que é perder um amigo,sim,pois um animal de estimação acaba virando um grande amigo nosso...
Mas tenho certeza que o Lup foi muito amado e um dia irão se encontrar novamente,um forte abraço!

Ana Cássia Alves disse...

Bom relembrar e a saudade que da daqueles bichinhos que tanto amamos e não estão mais entre nós. No meu caso muitas vezes pela maldade do homem, que só pensa em si e esquece que bicho, independente da espécie é uma vida!

Vítor Alencar disse...

Saudade é mesmo um bicho caçador!

Ana Valeska Maia disse...

Grata pelo carinho de vocês!

Fulvio Ribeiro disse...

Ana...
Olá quanto tempo que eu não passo aqui.
Seu espaço continua perfeito, Perfeito.
Parabéns..!!!
Grande abraço.

Vítor disse...

Bom mesmo é se existisse esse pozinho verde na vida real!